Archive for the ‘Rio de Janeiro’ Category

Como é feita uma revista?

Aproveitando que estava na Colorset aprovando o calendário de final de ano da Granado, dei uma volta com o consultor gráfico e amigo Helinho para conhecer melhor o que acontece por detrás das máquinas.

Foi uma visitinha rápida mas já deu para mostrar aqui como é feita uma revista (encaderação, grampo, corte e saída dá maquina), uma conta de gás (picote e vinco) e um vista rápida do estoque dos resíduos de papel.


O arquivo dá revista é previamente preparado (imposição) e a folhas com todas as páginas fica dobrada, recebe os grampos e é cortada.


Aqui por volta de 0:15 é a parte que entram os grampos. Por volta de 0:35 é feito o corte e a revista sai prontinha.


Assim nasce a base para a conta de gás de cada um de nós.


Por fim são estocados os resíduos de papel da gráfica.

OBS: Na época deste vídeo a Colorset ainda não havia conseguido a certificação FSC. Após a certificação vamos conferir como é feito o armazenamento do papel certificado, que deve ser feito de um modo único a fim de manter a cadeia de certificação.

Gráfica Burti, um modelo de sustentabilidade

Sempre tive a imagem da Burti como uma gráfica paulista de grande porte onde os preços seria inacessíveis para clientes pequenos e médios. Era um caso onde a fama dos seus trabalhos inviabilizava os baixos orçamentos. Fora a distância do Rio de Janeiro, onde resido.

Anos depois me encontrei de novo com a Burti, na minha busca por parceiros que tenham a questão sócio-ambiental como meta resolvi testar seus serviços e de acordo com eles não é diferencial, é obrigação.

Presente em todo o território nacional e internacional através de suas operações centrais em São Paulo e escritórios regionais no Rio de Janeiro, Porto Alegre e Los Angeles, a Burti é mais uma boa opção para a redução dos impactos ambientais trabalhos gráficos.

Continue lendo a lista de atributos da gráfica que podem fazer a diferença no resultado final do seu trabalho.

Continue lendo